A História do Sapato – MorumbiShopping

Dicas | História da moda

Olá meninas!

Tenho uma super dica para vocês! Programa mais que perfeito e imperdível para quem curte moda…e principalmente, shoes!

Começou no dia 14, no MorumbiShopping, uma super mostra que conta a trajetória do mais essencial (e apaixonante…rs) item do vestuário: o calçado.

_MG_7787_MG_7977

A exposição “A História do Sapato” é composta por modelos que marcaram época e traz o avanço tecnológico desse nosso amado acessório ao longo das civilizações.

_MG_7979_MG_7985

Organizada em doze vitrines, são 92 pares exposto distribuídos em cinco temas: sapatos antigos, de desenhos, glamour, famosos e únicos.

_MG_7992_MG_7994_MG_8005

A mostra é gratuita e está disponível a todos no MorumbiShopping até o dia 07 de setembro. Não perca!

Você encontra maiores informações no site e facebook do MorumbiShopping.

Fotos: Paulo Troya

Bjsss


Isolda!

História da moda | Tendências

Olá meninas,

Hoje vou contar pra vocês um pouquinho sobre a marca que 10 entre 10 fashionistas estão usando e amando!

Alessandra Affonso Ferreira , Juliana Affonso Ferreira e Maya Pope são os o nomes por trás da Isolda.

E de onde vem o nome Isolda? É história de família, uma homenagem a bisavó de Alessandra e Juliana, como era chamada carinhosamente pelo bisavô.

A força criativa da marca (Alessandra), que é filha de pai brasileiro e mãe inglesa, usa a experiência que adquiriu trabalhando para marcas como Liberty e Burberry para criar peças inspiradas na tradição inglesa do inverno e na paixão pelo verão brasileiro.

A marca foi lançada em 2011 e cresce visivelmente a cada ano. Suas estampas são bastante características e não há uma apaixonada por moda que não as conheça, e deseje!

Sou super fã do trabalho dessas meninas, amo as estampas e o modelo de saia que tem um babado grande na barra!

A última estampa pela qual me apaixonei foi a de fundo preto com flores pink e amarelas! Também curto muito a primeira estampa da foto de abertura desse post, que mistura o desenho do calçadão de copabana com frutas bem coloridas!;-)

E vocês, gostam das peças da Isolda?!

Bjsss

Missoni

História da moda

Olá meninas,

Quem aí gosta da Missoni?!?!?!

Bom, eu adoro e também amo saber sobre o passado de marcas que fazem história no universo da moda…por isso, resolvi ir um pouco mais fundo na trajetória da marca e trazer muita informação e imagens pra vocês!

Com quase 60 anos de uma história de muito sucesso, a marca Missoni continua inovando e encantando com suas criações, que se mantém no topo da lista fashion, passando de geração em geração.

Tudo começou em 1953 quando Tai (Ottavio) e Rosita se casaram e começaram a produzir suas malhas de tricô diferenciadas no porão de casa.

A marca foi crescendo e revolucionou o mercado da moda com suas combinações inusitadas de fios – lã, seda, algodão e rayon – produzindo uma malha de tricô leve e suave como a renda.

A assinatura das criações Missoni são o mix de sombras, texturas e estampas. Os famosos Zigzags e listras, formas que lembram o movimento das ondas e as chamas do fogo também são a “cara” da grife. Além disso, trabalhos em patchwork únicos com figuras geométricas e estampas florais. Tudo é muito figurativo e abstrato, inspirado na natureza, nas artes e arquitetura, carregado de diferentes costumes e culturas.

Foi a partir de 1969 que a história da Missoni mudou e ganhou o mundo. Diana Vreeland, renomada editora da Vogue América, conheceu o trabalho do casal e se encantou, considerou as criações geniais e tratou de mostrá-las ao resto do mundo.

A grife tornou-se cada vez mais conhecida, chegando a ganhar importantes prêmios da indústria da moda, entre eles, o prestigiado Neiman Marcus Fashion Award e o International Design Award (pela criação de um estilo e enorme impacto na indústria têxtil e de design de moda).

A Missoni é um império familiar. Os 3 filhos do casal (Vittorio, Luca e Ângela) sempre estiveram diretamente envolvidos no business criado pelos pais e até hoje são os donos e tocam o negócio.

A marca atua em diversos segmentos: prêt-à-porter feminino, masculino e esportivo, perfumaria, acessórios e uma linha para a casa. Além disso, tem uma rede de hotéis, todos maravilhosamente decorados com estampas Missoni.

Além de sua terra natal, a Itália,  a grife tem lojas próprias no mundo inteiro, Europa, EUA, Japão, Rússia, Emirados Árabes, China e claro, aqui no Brasil.

Uma das provas de que a marca está sempre se renovando é a cartela de clientes famosas da nova geracão – Blake Lively, Miley Cyrus, Nicole Richie, Whitney Port, Leighton Meester, Vanessa Hudgens e tantas outras.

A própria herdeira da marca, Margherita Missoni, circula pelos mais badalados red carpets e vive nos encantando com seus modelitos incríveis!

As legítimas brasileirinhas Havaianas já fzeram uma parceria com a marca…a coleção exclusiva se chama Missoni Loves Havaianas e conta com 3 modelos de chinelos (feminino, unissex e slim) e 1 alpargata, todos com diferentes estampas. Os preços ficam entre R$98,90 e R$221,00.

E não pára por aí…que tal um carrinho de bebê super, hiper, mega fashion?! A Missoni tem!

Fez uma parceria com a “Ferrari”  dos carrinhos de bebê, o famoso Bugaboo. O precinho?! Bem, ser um baby fashionista tem seu preço…e não é baixo…hehe… quase 900 libras, algo em torno de R$2.300

A grande novidade da Missoni no momento é a parceria com a rede de varejo Target, que terá 400 produtos desenvolvidos pela marca disponíveis em suas prateleiras, entre eles – roupas, malas, acessórios, roupa de cama, aparelhos de jantar e atá uma fashion bike

Os preços dos objetos de desejo com estampa em zigzag variam de US$ 7,99 a US$ 199,99 e estarão disponíveis nas lojas entre os dias 13/09 22/10. Se você for uma sortuda com uma loja Target na sua esquina, corre lá e depois conta tudo pra gente…hehe

E então, girls?! Curtiram saber um pouco mais sobre essa história de sucesso?!

Bjsss

Pucci – ontem e hoje…

História da moda

Olá meninas,

O post de hoje é muito colorido, estampado e sofisticado!

Vou falar de  Emilio Pucci, cujas criações ganharam o mundo e desfilaram no corpinho de muitas mulheres icônicas, entre elas – Marlyn Monroe, Sophia Lauren e Jackie Kennedy.

Até hoje, com seus 64 anos de existência, a marca continua viva e com muitas adeptas cheias de estilo, como Victoria Beckham, Elizabeth Hurley et Kylie Minogue.


Tudo começou em 1947, quando o designer ainda fazia roupas de esqui e, por uma dessas irônias do destino, a roupa confeccionada para uma amiga foi parar nas páginas da revista de moda Harper’s Bazzar.

Dali em diante tudo mudou na carreira do estilista, que começou a fotografar o mar de Capri e se encantar com suas nuances…as peças coloridas criadas tempos mais tarde foram inspiradas por essa e outras belezas naturais da Itália.

A casa da família Pucci, no coração de Florença, foi o local escolhido para abrir a primeira loja, que passou a ser frequentada pelo jet-set italiano.

As peças criadas por Emilio Pucci sempre foram diferenciadas, pelas cores – criadas pelo próprio designer, muitas nem existiam na escala Pantone – pelo tecido – o jérsey de seda, que era uma inovação na época e se tornou uma de suas marcas registradas  – e pelas estampas, um tanto quanto “psicodélicas”.

Ao criar seus vestidos, o designer desejava que o tecido envolvesse o corpo feminino, evidenciando suas formas. Segundo ele, a peça deveria vestir a mulher como uma meia-calça, contornando sua silhueta.

O talento de Pucci não se limitou a moda, suas estampas também apareceram em vasos de porcelana, velas de barco, tapetes, mobiliário, uniforme de Cia. aérea e até logo da Nasa

Nos anos 90, Laudomia Pucci - filha de Emilio – assumiu a marca se associando em abril de 2000 ao poderoso grupo de marcas de luxo, LVMH. Atual diretora de imagem da Pucci, desenvolve um excelente trabalho em equipe com o designer Peter Dundas, diretor criativo da maison, cargo que já foi ocupado por Christian Lacroix (2003) e Matthew Williamson (2005).

A marca hoje possui mais de 50 lojas em todo o mundo, inclusive aqui no Brasil, onde inaugurou em dezembro de 2010 seu espaço no Shopping Cidade Jardim, em SP!

Em comemoração aos 60 anos da Pucci, a editora Taschen lançou um belíssimo livro, contendo centenas de fotografias, desenhos, croquis, estampas e imagens de campanhas publicitárias da marca visionária e revolucionária. Cada capa foi produzida com uma estampa diferente e, segundo Laudomia, as pessoas adoraram a ideia. Em uma entrevista para a revista Elle  ela contou: “…uma cliente de Nova York comprou cinco livros. Isso porque ela tem os vestidos com a mesma estampa das capas e, então, toda vez que recebe amigos em sua casa, ela usa um look coordenado com o livro de centro de mesa”.

Escrito por Vanessa Friedman (Financial Times) e Alessandra Arezzi Boza (Fundação Emilio Pucci), o livro está disponível em duas versões: “Pucci, Vintage Art Edition“, com capa dura e caixa de acrílico, são 416 páginas e ainda 4 posters com estampas da grife. Essa edição é limitadíssima e tem apenas 500 exemplares, numerados e assinados pela própria Laudomia Pucci. O precinho…€ 750. Existe também uma outra opção mais acessível  – “Emilio Pucci“, essa com 416 páginas e capa dura estampada com desenhos icônicos da marca. São apenas 10.000 cópias, por € 150.

Os objetos de desejo…

É isso, girls, post longo mas cheinho de informação, né?! Adoro fazer esse tipo de pesquisa e escrever sobre assuntos que remetem à história da moda…hehe

Mas me digam, e vocês, gostam da marca Pucci?!

Bjsss