Atacama: Passeios III

Dicas | Viagem

rp_blog-love-shoes-destino-atacama-chile-trip-tips-1024x767.jpg

Olá meninas!

Sei que os posts da minha viagem ao Atacama já parecem muito distantes…mas não poderia deixar de concluir a série de posts com dicas dessa viagem que achei tão sensacional e ficará marcada por toda minha vida como um dos lugares mais especiais que já visitei!

Portanto, hoje falarei sobre o último passeio que fiz por lá, e um dos mais incríveis – os Gêiseres de Tatio!

blog-love-shoes-atacama-geiser-tripblog-love-shoes-atacama-geiser-trip02

Esse passeio eles normalmente recomendam fazer no seu último dia por lá, isso para você ir se acostumando aos poucos com a altitude do Atacama e evitar o tal “mal-estar da altitude”, já que esse será o ponto mais alto que vai visitar – você vai sair de San Pedro a 2.400 metros acima do nível do mar e chegar a 4.300 no campo geotérmico de Tatio. É recomendado também não ingerir álcool nem comer carne vermelha na véspera.

Bom, prepare-se para madrugar, saímos do hotel às 5:30h da manhã e com roupas de inverno intenso (sim, lá a temperatura é negativa). Quando fomos nem era uma época de tanto frio e acho que pegamos em torno de -5 graus (me informei sobre esse passeio antes de ir e levei casaco de ski…rs).

blog-love-shoes-atacama-geiser-trip03blog-love-shoes-atacama-geiser-trip04blog-love-shoes-atacama-geiser-trip05blog-love-shoes-atacama-geiser-trip06Quando chegamos lá vimos essas pessoas dentro dessa “piscina” de água quente, mas sinceramente, não tive nenhuma vontade de entrar…rs

blog-love-shoes-atacama-geiser-trip07blog-love-shoes-atacama-geiser-trip08

A viagem do hotel até lá demora mais ou menos 1:00h, no escuro, pois a ideia é chegar no local com o sol nascendo. Isso porque é nesse horário que a fumaça é mais intensa e visível, quando nasce o sol e a temperatura ambiente começa a subir, o choque térmico entre a água fervente que brota da terra e a temperatura externa já não são mais tão altos e o vapor tende a diminuir. Ah, aproveito para dar uma dica importante, a van do meu hotel acabou resgatando no caminho um casal alemão que resolveu alugar um carro e ir pra lá por conta própria. Eles acabaram literalmente afundando em um pântano antes de conseguir chegar, foi a maior sorte eles terem conseguido encontrar a estrada no meio da madrugada, com um frio daqueles e conseguirem uma carona na nossa van, estavam desesperados tadinhos! Portanto, não recomendo tentar ir sozinho, vá com o esquema do seu hotel ou agência local.

blog-love-shoes-atacama-geiser-trip09Na ida você não consegue ver quase nada, pois está escuro, mas na volta já com sol, o caminho é lindo, com mais paisagens de tirar o fôlego, típicas da região!

blog-love-shoes-atacama-geiser-trip10blog-love-shoes-atacama-geiser-trip11blog-love-shoes-atacama-geiser-trip12

Para saber mais sobre o Atacama – como chegar, dica de hotel, mais passeios e o que levar na mala, clique aquiaqui, aqui e aqui.

Acho que assim encerro com chave de ouro a série de posts sobre o Atacama! E não canso de dizer, quem tiver a oportunidade, não deixe de incluir essa viagem na sua wishlist! 😉

Bjsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *